Investigador troca tiros com bandidos que balearam família na zona leste

Pai e filha foram baleados durante tentativa de assalto; dois homens foram presos e um menor apreendido

Pedro da Rocha, estadão.com.br

21 Julho 2011 | 08h26

SÃO PAULO - Um pai e sua filha foram baleados por volta de 21h de quarta-feira, após uma tentativa de assalto na Avenida Pires do Rio, em Itaquera, na zona leste da capital. Um investigador da Polícia Civil viu o crime e trocou tiros com os bandidos. Dois homens foram presos e um menor apreendido.

 

José dos Santos Batista, de 55 anos, e Paula de Lima Batista, de 19, haviam parado em um sinal, próximo ao Viaduto Cassiano Gabus Mendes, quando Vanderlon Carlos da Silva, de 26 anos, Renan de Souza Muniz, de 21, e o menor C.S.M, de 16, se aproximaram do Voyage prata das vítimas e anunciaram o assalto. Um dos ladrões se debruçou sobre a janela em que estava Paula. José, assustado, acelerou o carro. Neste momento houve os disparos.

 

O motorista foi atingido no maxilar e de raspão no ombro, a passageira baleada no abdome. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Santa Marcelina e não correm risco de morte.

 

No cruzamento perpendicular ao local do assalto, o investigador do 44º Distrito Policial Agnaldo Giabardo presenciou a cena. "Vi os homens fugindo, eles passaram em frente ao meu carro. Gritei para eles pararem, que era policial. Foi quando um dos assaltantes se virou e deu dois tiros em minha direção", contou Giabardo. O criminoso jogou a arma e aumentou a velocidade quando percebeu o policial atirando de volta.

 

Os outros dois bandidos se esconderam atrás de um barranco e nova troca de tiros teve início. Após o barulho de tiros silenciar do lado dos criminosos, o investigador também cessou os disparos. "O menor de idade pensou que haviam acabado meus tiros, se levantou e caminhou em minha direção com a arma em punho. Ele veio para me executar" falou Giabardo. Novo tiroteio e, mesmo ferido no pé, C.S.M conseguiu fugir.

 

Acionados, policiais da Força Tática do 39º Batalhão da PM iniciaram buscas pelo local até encontrarem C.S.M. Ele foi apreendido e indicou onde os policiais poderiam encontrar seus comparsas, que foram presos em uma rua próxima por policiais da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam). Um revólver calibre 38 foi apreendido com o menor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.