Investigação sobre PMs fica em sigilo de Justiça

CRIMES DA BAIXADA

, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2010 | 00h00

A pedido da Polícia Civil do Guarujá foi decretado segredo de Justiça no caso dos "Ninjas da PM". A reivindicação foi feita para não atrapalhar as investigações da matança na Baixada Santista, que terminou com a morte de 23 pessoas em abril. Desde a semana passada, 17 policiais militares foram presos administrativamente, acusados de terem participado dos assassinatos. Quatro PMs já tiveram as prisões temporárias decretadas. Ontem, o Ministério Público do Estado de São Paulo havia solicitado a temporária de outros 13 policiais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.