Inveja dos americanos!

Bronca terapêutica

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

08 Setembro 2012 | 03h06

O torcedor brasileiro que foi ao Morumbi matar saudades da seleção já nem lembrava mais como faz bem ao fígado vaiar o escrete canarinho. Desopila geral!

Acesso ao consumo

O Brasil já é o segundo maior consumidor de cocaína do mundo! Isso quer dizer o seguinte: mal empinou o nariz, a nova classe média brasileira já está cheirando!

'Menos, mano!'

Marqueteiros de Celso Russomanno estão preocupados. Também, pudera! Mandar o Gilberto Kassab "enfiar o rabo entre as pernas", francamente, por muito menos a Marta Suplicy perdeu a eleição para prefeito em 2008.

Outra coisa

Os "bandidos de toga" estão em festa. O novo corregedor do Conselho Nacional de Justiça, ministro Francisco Falcão promete ser mais intolerante com os "vagabundos do Judiciário". São, como se sabe, categorias bem distintas do serviço público.

Última instância

Quando, afinal, o caso de Adriano vai a julgamento no STF? Imagina só um debate sobre o Imperador entre os ministros Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski. Imperdível!

Mau exemplo

A presidente Dilma deu um tapa no penteado para anunciar na TV que a conta de luz do brasileiro vai ficar 16,2% mais barata. Ou seja, já está gastando por conta.

O brasileiro atormentado pela busca de um mísero discurso articulado e convincente no horário de propaganda política na TV acordou ontem morrendo de inveja do eleitor americano. Dá gosto assistir o Obama pedindo voto, né não?

Você pode discordar de suas posições sobre a guerra, o aborto, o casamento gay, a morte do Bin Laden, a reforma do sistema de saúde ou o time de basquete favorito da NBA, mas quando ele fala em mudança, de esperança num "lugar melhor" - essas coisas que todo político arranha mal -, nem precisa saber inglês para sentir firmeza na visão de mundo do candidato.

Não é aquele super-herói todo que há quatro anos se imaginava, mas continua sendo o homem que, como dizia Paulinho da Viola, "vai encontrar um jeito de dar um jeito na situação" do planeta.

Te ocorre outro guia? Pode até existir alguém tão inteligente, gente boa e bem apanhado, porém tudo isso mais aquela família adorável, duvido!

Quase quatro anos governando uma superpotência de doidos, o cara não se deixou contaminar. Sua lucidez de campanha continua contagiante! Os americanos - ô, raça! - reclamam de barriga cheia da propaganda política na TV!

Mulher-Rocha

Com os trabalhos suspensos até as eleições, a CPI do Cachoeira deixa como legado seu "Furacão" na capa da Playboy de setembro. Sobra na ex-assessora parlamentar Denise Rocha o que falta à maioria dos parlamentares no Congresso: peito!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.