Intérprete escocês é morto durante assalto na zona sul de SP

Estrangeiro estava em bar quando foi vítima de roubo e acabou atingido por tiros; criminosos fugiram e não foram identificados

Marco Antônio Carvalho, Especial para o Estado

24 de outubro de 2014 | 08h07

SÃO PAULO - O intérprete escocês Jason Richard Stevens, de 39 anos, foi morto durante um assalto na zona sul de São Paulo. O estrangeiro estava em um bar na noite desta quarta-feira, 22, quando foi atingido por disparos de arma de fogo. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

As informações foram divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. O crime aconteceu por volta das 23h desta quarta-feira. Uma dupla armada invadiu um bar na Rua João Sobrinho, no bairro de Veleiros, e deu início a um arrastão no local. Um homem ficou na porta do estabelecimento e o outro passou recolhendo pertences das vítimas.

De acordo com testemunhas, Stevens chegou a conversar com os criminosos e andar em sua direção, sem apresentar sinais de reação ao assalto. Apesar disso, nesse momento ele foi atingido por tiros. 

Os homens, que ainda não foram identificados, fugiram do local com apoio de um terceiro comparsa, que estava em veículo modelo Ford Fiesta de cor preta.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao bar e chegou a tentar encaminhar o estrangeiro para o Hospital Regional Sul, mas ele chegou ao local sem vida. O caso foi registrado como roubo seguido de morte no 11º Distrito Policial, em Santo Amaro, e será investigado pelo 102º DP, em Socorro.

Tudo o que sabemos sobre:
São PauloViolênciaLatrocínio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.