Internos fazem rebelião em unidade da Fundação Casa na zona leste de SP

Sindicato de agentes diz que 18 pessoas foram feitas reféns; diretor da unidade e mais três funcionários se feriram

O Estado de S. Paulo

21 de fevereiro de 2013 | 12h55

Atualizada às 15h04

SÃO PAULO - Um grupo de adolescentes fez nesta quinta-feira 21, uma rebelião em uma unidade da Fundação Casa (antiga Febem) na Vila Nova Curuçá, na zona leste da capital paulista.O motim começou por volta das 9h30 e terminou às 14h15, após a entrada do choque da Fundação Casa no local.De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança, ao Adolescente e a Família do Estado de São Paulo (Sitraemfa), 18 pessoas chegaram a ser mantidas reféns. 

A assessoria de imprensa da Fundação Casa informou que quatro funcionários ficaram feridos, inclusive o diretor da unidade. A gravidade dos ferimentos não foi divulgada.Os rebelados chegaram a atear fogo em colchões e foram monitorados pela PM, que sobrevoou o local com um helicóptero Águia.  A unidade tem 60 internos, segundo o sindicato.
Tudo o que sabemos sobre:
reveliãofebemvila nova curuça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.