Internos da Fundação Casa promovem motim com reféns em Franco da Rocha

Cinco funcionários foram dominados e ameaçados pelos menores durante o motim de 4 horas

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

30 Novembro 2011 | 01h05

São Paulo, 30 - Onze dos 32 jovens internados em uma das seis unidades da Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Casa) existentes em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, promoveram uma rebelião entre a 20h30 de terça-feira, 29, e a 0h30 desta quarta-feira, 30.

 

Segundo a Polícia Militar, que não soube informar o motivo do motim, cinco funcionários (três homens e duas mulheres) foram feitos reféns pelos adolescentes e liberados, no final da noite, sem ferimentos graves. Policiais militares da 1ª Companhia do 26º Batalhão cercaram a unidade para evitar uma fuga.

 

Os internos não chegaram a atear fogo dentro do internato, localizado na Rodovia Luiz Salomão Chama (SP-23). A maioria dos adolescentes desta unidade, que possui 40 vagas, tem 17 anos e está apreendida por roubo e tráfico de drogas. A assessoria de imprensa da Fundação Casa não foi localizada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.