Interno é morto em rebelião de menores

Um interno morreu e um agente ficou ferido ontem em rebelião na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. O tumulto envolveu os 300 internos, com idade entre 15 e 17 anos. Três agentes socioeducativos foram feitos reféns pelos rebelados, que atearam fogo nas alas de convivência. O garoto que morreu teria levado uma pancada na cabeça. A polícia investiga se a morte aconteceu em confronto com policiais. A Funase não sabia o motivo da rebelião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.