Internet livre em aeroporto vale por 15 minutos só até o dia 20

Contra apagão nas férias, secretaria ainda amplia serviços em MG, RJ e SP e aposta em aplicativo [br]online para verificar voos

, O Estado de S.Paulo

05 Julho 2011 | 00h00

BRASÍLIA

A Secretaria de Aviação Civil divulgou ontem medidas para tentar evitar apagões nos aeroportos durante as férias. A aposta desta vez será nos chamados centros de gestão aeroportuária, além de internet grátis e uma nova versão de um aplicativo para a visualização de voos online.

Uma das iniciativas é aumentar as equipes em horários de pico. Outra é ampliar o número dos centros de gestão aeroportuária para Confins (MG), Galeão (RJ), Santos Dumont (RJ) e Congonhas. Até o momento, essa salas especiais, destinadas a resolução de conflitos, só são encontradas nos aeroportos de Guarulhos e Brasília.

O acesso à internet gratuita ficará disponível, em caráter experimental, nas salas de embarque dos aeroportos, até o dia 20. Na primeira fase, o serviço será oferecido em Guarulhos, Congonhas, Brasília e Galeão, por 15 minutos. Até o fim do ano, outras cidades deverão oferecer o experimento, adianta a Secretaria.

Por meio do aplicativo "Voos on line", o usuário pode consultar, por meio de dispositivos móveis como smartphones, a situação das chegadas e partidas em 50 aeroportos. Segundo a Secretaria, o aplicativo já ultrapassou a marca dos cem mil downloads.

Serviço

EM CASO DE PROBLEMAS, CONSULTE A OUVIDORIA DA INFRAERO PELO 0800-727-1234, A ANAC PELO 0800-725-4445 OU A SAC PELO WWW.AVIACAOCIVIL.GOV.BR.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.