Interdições, decoração, compras: SP já sente os efeitos do trânsito de Natal

De janeiro a outubro deste ano, a CET já emitiu 3.497 licenças de interdição de vias, número recorde; na média, são 11 autorizações novas por dia

Adriana Ferraz - O Estado de S. Paulo,

30 Novembro 2012 | 21h40

SÃO PAULO - Todo ano é assim. Chega dezembro e a cidade trava. Nos corredores que concentram atividades comerciais ou festas natalinas, a época é sinônimo de lentidão. E não só pela quantidade de carros nas ruas, mas pelo alto número de interdições. De janeiro a outubro deste ano, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) já emitiu 3.497 licenças. O registro recorde viabiliza de pequenos reparos à construção de trechos de metrô. Na média, são 11 autorizações novas por dia.

A emissão dos chamados Termos de Permissão para Ocupação de Vias (TPOVs) tem crescido ano a ano na cidade. O número atual é 35% maior que o registrado em 2009, por exemplo. De lá para cá, a curva de alta é constante e deve permanecer nas próximas semanas, quando novas interdições serão promovidas em corredores comerciais, por causa do Natal. Com o pagamento da primeira parcela do 13.º salário ontem, o movimento nas lojas só tende a crescer.

A partir de hoje, os eventos comemorativos do Natal passam a figurar na lista de bloqueios que provocam congestionamentos. O início das apresentações da fonte multimídia no Parque do Ibirapuera, zona sul, deve dificultar ainda mais a vida do motorista em São Paulo. O espetáculo Natal Iluminado, que estreia às 20h30 de hoje, vai provocar interrupções no trânsito e restrições de estacionamento em toda a região. Os reflexos devem ser sentidos nas Avenidas Brasil, 23 de Maio, República do Líbano e Brigadeiro Luís Antônio.

A temporada de lentidão se estenderá por pelo menos 20 dias e deve piorar até lá. No próximo dia 9, as atrações serão reforçadas pela inauguração da Árvore de Natal do Ibirapuera. Na frente do Obelisco, a atração terá 58 metros de altura, o que corresponde a um edifício de 20 andares. A montagem já começou, mas o destaque do projeto – uma estrela de 18 pontas envolta por uma mangueira de LED – deve ser instalada na segunda-feira. E, claro, provocar mais trânsito. O serviço será feito entre meio-dia e 14h. Juntamente com a fonte, deve atrair milhares de visitantes.

Segurança. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a Avenida Pedro Álvares Cabral terá o estacionamento limitado a partir de hoje e a via ainda poderá ser totalmente bloqueada caso o número de pedestres ultrapasse a margem de segurança. Se o bloqueio total não ocorrer, cones serão usados para limitar o tráfego de veículos na faixa da direita, sentido Vila Mariana, na frente dos portões 9 e 10 do parque.

A mesma medida será tomada na Avenida Paulista, onde as decorações natalinas devem lotar a via a partir das 19h. No ano passado, na semana do Natal, faixas tiveram de ser fechadas para circulação de pedestres. / COLABOROU CAMILLA BRUNELLI

Mais conteúdo sobre:
cet transito natal sp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.