Intensidade do nevoeiro não pode ser prevista

É possível saber com antecedência se as condições meteorológicas são favoráveis ao aparecimento de neblina em determinada região. Não há como identificar, porém, qual será a intensidade da névoa. "Se você acompanhar a circulação marítima do ar e o movimento dos ventos que sobem a serra pode prever, com três ou quatro dias de antecedência, a nebulosidade", diz o meteorologista André Madeira, da Climatempo. "Já se ela vai prejudicar a visibilidade em certo ponto, é mais difícil saber."

, O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2011 | 00h00

Outro problema é a rapidez com que o vento pode esfriar e virar uma cortina de névoa. "É coisa de minutos. Vira uma parede de nuvens que desce rapidamente", diz o meteorologista Franco Villela, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.