Reprodução
Reprodução

Integrante do 'Pânico na TV' é preso com cocaína em SP

Droga foi encontrada no bolso de Marcos da Silva Herédia, o Zina, na zona norte; segundo PM, ele resistiu

Fabiana Marchezi, da Central de Notícias,

28 de outubro de 2009 | 13h46

Marcos da Silva Herédia, de 27 anos, o Zina, do programa "Pânico na TV", da Rede TV!, foi preso por volta das 8 horas desta quarta-feira, 28, com um pino de cocaína na Rua Capela da Lagoa, na região de Parada de Taipas, zona norte de São Paulo.

 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, policiais militares receberam uma denúncia anônima informando que um homem armado ameaçava pedestres que passavam pela rua. Quando os policiais chegaram ao local indicado, encontraram um homem descontrolado que partiu pra cima deles.

 

A droga foi encontrada no bolso do suspeito, durante revista policial. Segundo a PM, ele resistiu à abordagem. A arma não foi encontrada. Zina foi encaminhado ao 74º Distrito Policial para a elaboração de um Termo Circunstanciado, já que a quantidade apreendida o classifica como usuário.

 

Heredia ganhou fama após aparecer em um quadro do programa humorístico com sua frase "Ronaldo, brilha muito no Corinthians", com ênfase no nome do jogador, que se tornou o seu bordão. Desde então, começou a participar do "Pânico na TV" com frequência - sempre dizendo "Ronaldo" entre as vinhetas - e por fim foi incorporado à atração, atuando ao lado de Sabrina Sato e de outro personagem, conhecido como Alfinete.

Tudo o que sabemos sobre:
SPPânico na TVdrogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.