Integrante de banda diz que não soltou fogos

O produtor musical do grupo Gurizada Fandangueira, Luciano Augusto Bonilha Leão, disse que comprou os fogos, mas não participou do show pirotécnico que causou o incêndio na boate Kiss, em janeiro, que matou 241 pessoas em Santa Maria (RS). Ele depôs ontem à polícia. Os delegados também tentaram ouvir Mauro Hoffmann, um dos sócios da casa noturna, mas ele só falará em juízo. Depois de cruzar informações, a polícia acredita que mais de mil pessoas estavam na Kiss. A capacidade da casa era de 691 pessoas.

O Estado de S.Paulo

13 Março 2013 | 10h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.