Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Integração na Estação Pinheiros do Metrô é adiada por greve na CPTM

Transferência gratuita, prevista para hoje, passará a ser feita quando funcionamento de trens for normalizado

Priscila Trindade, Central de Notícias

02 de junho de 2011 | 09h55

SÃO PAULO - A transferência gratuita entre a estação Pinheiros da Linha 9-Esmeralda (Osasco - Grajaú) da CPTM e a estação Pinheiros da Linha 4-Amarela de metrô foi adiada devido a greve de funcionários de trens que impedem o funcionamento de todo o sistema. A integração teria início nesta quinta-feira, 2.

 

A iniciativa será feita quando os funcionários da companhia voltarem ao trabalho. A estação Pinheiros do Metrô funciona das 4h40 as 15h, de segunda a sexta-feira. Segundo o Metrô, a estação está aberta.

 

A integração entre as duas estações beneficiará cerca de 100 mil pessoas que utilizam o sistema metroferroviário de São Paulo com as linhas 9-Esmeralda e 4-Amarela, ainda mais a partir de 30 de junho próximo, quando o horário comercial da Linha 4-Amarela será expandido das 4h40 à meia-noite, de segunda a sexta-feira.

 

A transferência gratuita entre as duas estações Pinheiros será feito através de uma passarela com extensão de 56 metro, que passa sobre a Avenida Nações Unidas (Marginal Pinheiros).

 

Veja também:

linkGreve atinge toda CPTM; ônibus seguem parados no ABC

linkCPTM negocia fim da greve ainda nesta tarde

linkCidadão enfrenta filas na volta para casa

linkCasal usa bicicleta como opção a falta de transporte

video VÍDEO: A manhã de greve no transporte público

mais imagens FOTOS: greve atrapalha trabalhadores

linkMetroviários adiam decisão sobre greve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.