Instituto de Criminalística aponta falha humana em acidente no Hopi Hari

O laudo do Instituto de Criminalística (IC) de Campinas entregue ontem à Polícia Civil e ao Ministério Público de Vinhedo aponta falha humana no acidente no parque de diversões Hopi Hari que matou a adolescente Gabriella Nichimura, de 14 anos, em 24 de fevereiro.

O Estado de S.Paulo

14 Abril 2012 | 03h05

Segundo o promotor Rogério Sanches, o documento indica que a trava da cadeira que a menina ocupou estava solta. "Não há nada de novo ou que mude o curso do que temos até agora. O laudo só reforça tudo o que já foi falado e divulgado."

O laudo do IC era a peça que faltava para a conclusão do inquérito policial. O delegado Álvaro Santucci Noventa Júnior deve terminar seu trabalho até a próxima semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.