Inquérito investiga ONG ligada a pastor preso

O Ministério Público Federal no Rio instaurou inquérito para apurar a regularidade da aplicação de recursos federais repassados ao Instituto Vida Renovada (IVR), ligado ao pastor Marcos Silva, preso no dia 7 por estupro. Conforme o Estado noticiou no domingo, o IVR recebeu R$ 1,9 milhão de verbas federais desde 2006, e ainda teria R$ 1,4 milhão a receber. O montante foi enviado ao IVR por meio de convênios celebrados com a Secretaria de Direitos Humanos e o Fundo Nacional Antidrogas.

O Estado de S.Paulo

16 Maio 2013 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.