Infraero: 7% dos vôos tiveram atrasos e 6% foram cancelados

Cenário nos terminais dos principais aeroportos do país ainda é tranquilo

Amanda Valeri, da Agência Estado,

27 de dezembro de 2007 | 11h38

O movimento nos principais aeroportos do país continua tranqüilo. Segundo boletim divulgado pela Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), até as 11 horas, dos 731 vôos programados, 51 apresentaram atrasos acima de uma hora, o que corresponde a 7% do total. Os cancelamentos também registraram baixos índices nesta manhã: apenas 44 vôos foram cancelados (6%). O Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, registrou atrasos em seis (7%) das 86 partidas programadas até às 11 horas. Já os cancelamentos atingiram 11 vôos, o que representa 12,8% do total. Em Guarulhos, no Aeroporto de Cumbica, 13,5% dos vôos saíram atrasados e 3,8% foram cancelados. No Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, dos 26 vôos programados, cinco (19,2%) foram cancelados e nenhum saiu atrasado. No Galeão, também no Rio, a Infraero informou que os atrasos atingiram 6,6% dos vôos, e os cancelamentos 9,2% das partidas programadas até às 11 horas. Em Brasília, 2% das embarcações foram afetadas pelos atrasos. Em Porto Alegre os índices de vôos com atrasos e cancelamentos foram de 7,4% e 11,1%, respectivamente. Já em Curitiba, 12,1% dos vôos foram cancelados e 3% saíram fora do horário programado. A estatal acredita que, em algumas horas, o movimento deve se intensificar e que os dias de pico serão esta quinta-feira, sexta e sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.