Índios vão tentar retomar posse de imóvel

Um dia após o cerco da polícia ao prédio do antigo Museu do Índio, líderes indígenas se reuniram com advogados para tentar reverter na Justiça a decisão que cassou a liminar que autorizava a permanência de 23 famílias no local. Cerca de 300 pessoas, entre representantes de 15 etnias e apoiadores da causa, reuniram-se no prédio histórico ao lado do Maracanã. O grupo defende o tombamento do imóvel e quer criar ali um centro cultural. Já o governo pretende demoli-lo para fazer estacionamento para a Copa.

O Estado de S.Paulo

14 Janeiro 2013 | 02h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.