Indiciada namorada de acusado de matar irmãs

A Polícia Civil de Cunha, no Vale do Paraíba, indiciou Maria José Silva, de 50 anos, por participação na morte das irmãs Josely Laurentino de Oliveira, de 16, e Juliana Vânia de Oliveira, de 15, no dia 23 de março. Ela mantinha um relacionamento com Ananias dos Santos, de 27, preso pelo duplo homicídio. A polícia teve acesso a telefonemas que teriam sido feitos por ela para Ananias uma hora antes de ele matar a tiros as duas irmãs e logo após o crime. "Não sabemos ainda se ela foi apenas comunicada sobre as mortes ou se o ciúme que ela sentia por ele pode ter motivado o duplo homicídio", disse o delegado de Cunha, Marcelo Cavalcanti.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.