TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO
TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

Índices de estupro em SP têm alta pelo 4º mês consecutivo

Os índices de casos de homicídio e de roubo também sofreram variação positiva, com aumento inferior a 3%. Por sua vez, latrocínio (roubo seguido de morte) e roubo de veículo caíram

Felipe Resk, O Estado de S.Paulo

21 de dezembro de 2019 | 19h18

SÃO PAULO - Pelo quarto mês consecutivo, o indicador de estupro registrou alta no Estado de São Paulo, segundo dados de novembro da Secretaria da Segurança Pública (SSP), divulgados nesta sexta-feira, 20. Os índices de casos de homicídio e de roubo também sofreram variação positiva, com aumento inferior a 3%. Por sua vez, latrocínio (roubo seguido de morte) e roubo de veículo caíram.

Em novembro, foram registradas, ao todo, 1.090 ocorrências de estupro - uma alta de 18,2% em relação aos 922 casos notificados no mesmo mês de 2018. Em agosto, setembro e outubro, o índice também havia ficado acima dos respectivos meses do ano passado.

Considerando só a capital paulista, os registros de estupro subiram de 204 para 248 casos. O comportamento representa alta de 21,5% na estatística.

Já os casos de homicídio subiram 2,5% no Estado, com 246 boletins de ocorrência em novembro. No ano passado, foram 240. Embora esse número tenha subido, menos pessoas foram assassinadas em São Paulo. Houve 255 vítimas em novembro de 2019, ante 257 em 2018.

A diferença de comportamento entre os indicadores de casos de homicídio e o de vítimas de homicídio acontece por causa da metodologia adotada pela SSP. Para compor a primeira estatística, a secretaria contabiliza ocorrências com mais de uma vítima - como, por exemplo, chacinas - como um caso só.

Na capital, os homicídios subiram de 51 para 62 ocorrências, alta de 21,5%. Foi o terceiro mês consecutivo que o crime aumentou na cidade.

No Estado, o índice de roubo em geral registrou uma variação positiva de 0,4%, segundo a SSP. Ao todo, foram registrados 20.702 assaltos em novembro. Em 2018, haviam sido 20.611.

Já o número de vítimas de latrocínios caiu de 24 para 15 ocorrências. Na mesma tendência, os roubos de veículo somaram 3.950 casos - 24,4% a menos do que em novembro de 2018, quando São Paulo teve 5.227 notificações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.