Indenizações seguirão diretrizes do STJ, dizem TAM e Unibanco

Escritórios em São Paulo e Porto Alegre vão prestar auxílio a familiares das vítimas do vôo 3054

Agência Estado,

23 de julho de 2007 | 15h33

A TAM e a Unibanco AIG abriram nesta segunda-feira, 23, dois escritórios, um em São Paulo e outro em Porto Alegre, com equipes especializadas para prestar atendimento aos familiares das vítimas do acidente com o vôo 3054. Em nota, as duas empresas afirmam que "possuem relação há mais de 15 anos" e que "seguirão todas as diretrizes internacionais estabelecidas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) para apólices de responsabilidade civil". Com os novos escritórios, as companhias pretendem agilizar as indenizações, oferecendo o suporte necessário aos familiares. Aqueles que não estiverem nessas duas cidades receberão orientações por um serviço de atendimento exclusivo 24 horas, por meio de um número 0800. A seguradora Unibanco AIG é a líder da apólice de seguro da TAM, que cobrirá todos os riscos envolvidos em relação às vítimas (passageiros, tripulantes, funcionários da empresa e pessoas que estavam na área do acidente), além de danos às propriedades.

Mais conteúdo sobre:
vôo 3054indenizações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.