Divulgação/Corpo de Bombeiros
Divulgação/Corpo de Bombeiros

Incêndio em usina de etanol já dura mais de 24 h no interior de SP

Bombeiros tentam evitar que outros tanques sejam atingidos; origem do fogo ainda é desconhecida

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

13 Setembro 2016 | 08h47

SOROCABA - Já dura mais de 24 horas o incêndio que atingiu, na manhã de segunda-feira, 12, um tanque com 5 milhões de litros de etanol numa usina de cana-de-açúcar em Paraíso, no interior de São Paulo. Pelo menos 50 bombeiros de unidades da região e da capital controlam as chamas para evitar que outros tanques sejam atingidos.

As causas do incêndio ainda são desconhecidas. Assim que o fogo começou, o tanque explodiu e as chamas se elevaram a mais de 20 metros. Ninguém ficou ferido. A usina tem outros cinco tanques com o combustível.

Com o apoio de caminhões-pipas de outras usinas da região, os bombeiros trabalham no resfriamento dos tanques vizinhos ao que está em chamas para evitar o incêndio se propague. A área foi isolada por conta do risco de explosão.

A rodovia vicinal Antonio Celidônio Ruette, que passa ao lado da área com os tanques, está com trânsito restrito. Como a usina fica em área rural, a fumaça tóxica produzida pelo incêndio não atinge áreas urbanizadas. Técnicos da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) estão no local para avaliar e prevenir os impactos. Segundo a Cetesb, a usina está com as licenças de operação em dia.

Mais conteúdo sobre:
São PauloCetesb

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.