Incêndio em favela na zona leste deixa 200 pessoas sem casa

Apenas um morador aceitou ir para abrigo da Prefeitura; fogo atingiu viaduto, que ficou fechado, mas foi liberado

Luiz Guilherme Gerbelli, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2010 | 00h00

Cerca de 200 moradores da Favela do Tiquatira, na Penha, zona leste, passaram o dia de ontem atrás de um lugar para dormir, depois que 150 barracos foram destruídos por um incêndio durante a madrugada. Apenas um morador aceitou ir para o Centro Escola Tiquatira, único abrigo disponibilizado pela Prefeitura. Os demais afetados seguiram para casa de parentes ou amigos.

O incêndio atingiu o Viaduto General Milton Tavares de Souza, que passa sobre a favela. A passagem foi liberada ontem pela manhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.