Felipe Rau/AE
Felipe Rau/AE

Incêndio em favela mata duas pessoas e destrói 60 moradias na zona norte de São Paulo

Cerca de 800 pessoas moram no local, em aproximadamente 300 barracos e pelo menos 60 moradias foram destruídas

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

05 de fevereiro de 2012 | 10h46

Atualizado às 12h45

SÃO PAULO - O Corpo de Bombeiros conseguiu controlar por volta das 11h30 deste domingo, 5, o incêndio que atingiu a Favela do Corujão, na Vila Guilherme, zona norte de São Paulo. Duas pessoas, um homem e uma mulher, morreram e dois feridos foram encaminhados ao Pronto Socorro Municipal do Tatuapé.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo começou às 7h50 na Favela do Corujão, que fica na Rua João Veloso Filho, na Vila Guilherme. Pelo menos 24 equipes, em um total de 80 homens, participaram do trabalho, com apoio de helicópteros Águia da Polícia Militar.

O fornecimento de energia elétrica foi desligado no local a pedido dos bombeiros e, segundo a AES/Eletropaulo, a luz será restabelecida após os trabalhos de rescaldo, que começou ao meio-dia.

Cerca de 800 pessoas moram no local, em aproximadamente 300 barracos e pelo menos 60 moradias foram destruídas.

Ainda não há informações sobre as causas do incêndio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.