Incêndio em favela de Ribeirão Preto deixa 19 desabrigados

Fogo teria começado após um menino acender um papel no fogão e queimar o colchão de um dos barracos

Brás Henrique, da Agência Estado,

14 Fevereiro 2010 | 11h00

Cinco barracos de uma favela, do bairro Simioni, em Ribeirão Preto, foram totalmente destruídos por um incêndio, na tarde deste sábado, 13. Dezenove pessoas ficaram desabrigadas.

 

O incêndio teria começado após um menino acender um papel no fogão e atear fogo num colchão de um dos barracos, construído com madeira, o que facilitou a combustão. O incêndio se alastrou rapidamente e atingiu sete barracos no total. Três veículos do Corpo de Bombeiros foram ao local, e o fogo levou cerca de 15 minutos para ser controlado. Os moradores só tiveram tempo de sair com alguns objetos.

 

A Prefeitura da cidade forneceu colchões e cestas básicas às pessoas, que foram para casas de parentes. A Secretaria de Assistência Social da prefeitura afirma que irá se reunir com os desabrigados durante a semana.

Mais conteúdo sobre:
Ribeirao Preto incendio favela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.