Incêndio em casa deixa 2 crianças mortas

Enquanto brincavam sozinhos em casa, Julio César, de 5 anos, e Mariana, de 2, morreram após uma explosão seguida de incêndio ontem, na Rua Oduvaldo Viana, no Jardim Rincão, zona norte de São Paulo. A residência era feita de madeira e ficou completamente destruída pelo fogo. Os corpos das crianças foram carbonizados.

CAMILLA HADDAD, O Estado de S.Paulo

20 Outubro 2011 | 03h04

Desesperados, vizinhos organizaram um mutirão às pressas para apagar as chamas. "Moradores de umas dez casas usaram mangueiras. Teve gente que subiu no telhado e jogava balde de água", contou Maria do Carmo Soares, que após ouvir um estrondo correu até a rua para ver o que tinha acontecido. As causas do incêndio são desconhecidas. A família acredita que pode ter ocorrido um curto-circuito seguido de explosão.

Segundo a família das crianças, Julio e Mariana estavam sob os cuidados de Micaela Pires, de 21 anos, mãe de Mariana, que no momento do incêndio teria saído por alguns instantes. Uma terceira criança, de 3 anos, também estava na casa, mas conseguiu escapar com a ajuda dos vizinhos. Quando viu a casa destruída, Micaela desmaiou e foi levada para o hospital da região.

Antônio Felipe de Lelis, de 58 anos, que é pai de Julio e avô de Mariana, disse que vai se mudar do local, onde moravam com ele outras oito pessoas. Até a noite, a família não tinha para onde ir.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.