Incêndio destrói ao menos 55 barracos em favela de São Miguel Paulista

Chamas começaram por volta das 11h30 e foram contidas uma hora depois; ninguém se feriu

Felipe Tau,

28 Agosto 2012 | 12h28

Atualizada às 14h59

Ao menos 55 barracos de uma favela de São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo, foram destruídos por um incêndio no final da manhã desta terça-feira, 28. Dezesseis viaturas do Corpo de Bombeiros e 55 homens foram necessários para controlar as chamas, que começaram por volta das 11h30 e foram contidas às 12h30. Ninguém se feriu.

A favela fica em uma área delimitada pelas Avenidas Manuel da Paixão e Jacu-Pêssego. De acordo com o Corpo de Bombeiros, há 135 moradias no total, em uma área de 5 mil metros quadrados. O tempo seco, segundo o capitão Renato Natale, porta-voz da corporação, ajudou o fogo a se propagar, mas foi possível isolá-lo e evitar danos maiores.

Equipes da Defesa Civil estão no local prestando assistência às famílias e avaliando os danos nas casas. O número de unidades destruídas pode ser ainda maior.

Clima. Depois de 41 dias sem chuva e dos recordes de baixa umidade registrados na semana passada, São Paulo deve voltar a ter chuvas nesta quarta e quinta-feira, graças à passagem de uma frente fria. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), na segunda-feira a capital paulista registrou 58% de umidade relativa do ar. A Defesa Civil aponta que o nível ideal deve ser em torno de 60%. Com a chuva, as temperaturas devem cair.

Mais conteúdo sobre:
favelasão miguelincêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.