Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Incêndio deixa 200 desabrigados em favela na Brasilândia

Ninguém ficou ferido; chamas começaram na noite deste domingo, destruíram 60 barracos e podem ter sido causadas por fogueira

Luciana Amaral, O Estado de S.Paulo

02 Maio 2016 | 07h21

SÃO PAULO - Um incêndio destruiu 60 barracos de uma favela na Brasilândia, zona norte de São Paulo, na noite deste domingo, 1º. Ninguém ficou ferido, mas 200 pessoas ficaram desabrigadas, segundo a Defesa Civil municipal.

O fogo começou na Rua Morro Crispim da Costa, perto da Avenida Deputado Cantídio Sampaio, por volta das 22h50, e tomou conta de parte das casas de madeira improvisadas da ocupação irregular. Os bombeiros enviaram 12 viaturas para controlar as chamas, que só diminuíram às 2 horas desta segunda-feira, 2. A corporação continuava no local às 6 horas.

O motivo do incêndio ainda não foi revelado, porém, a Defesa Civil trabalha com a hipótese de que uma fogueira possa o ter iniciado.

 

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Defesa Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.