Incêndio destrói 200 barracos em favela na zona leste

Bombeiros não sabem a causa do incêndio e dizem que 80% da favela foi atingida pelas chamas

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

08 de agosto de 2007 | 07h27

Um incêndio destruiu pelo menos 200 barracos na madrugada desta quarta-feira, 8, em uma favela da Rua Padre Clemente Segura, no Jardim Limoeiro. O local é próximo ao terminal de ônibus de Cidade A.E.Carvalho, região de Itaquera, na zona leste da capital paulista. Um total de 11 viaturas foi deslocado para a favela às 3h05. Duas horas depois do início do combate às chamas, ainda era possível ver focos de incêndio em meio às moradias completamente destruídas. Moradores tiveram de deixar às pressas suas casas porque o fogo se alastrou rapidamente. Os poucos móveis e eletrodomésticos que conseguiram ser salvos do fogo foram colocados na rua pelos moradores. Segundo os bombeiros, a causa do incêndio ainda não foi descoberta e pelo menos 80% da favela foi atingida pelas chamas. Ligações elétricas clandestinas são apontadas como a provável causa para o incêndio. Texto alterado às 10h27 para acréscimo de informações.  

Tudo o que sabemos sobre:
incêndiofavelaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.