Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Incêndio consome galpão na Mooca

Dezoito viaturas tentam conter as chamas, que começaram por volta das 5h30; em Osasco, um homem morreu carbonizado em um barraco

Clarice Cudischevitch , O Estado de S. Paulo

21 Maio 2013 | 07h17

SÃO PAULO - Dezoito viaturas do Corpo de Bombeiros tentam apagar um incêndio em uma loja de pneus no número 573 da Rua Madre de Deus, na Mooca, zona leste de São Paulo, próximo à Avenida Paes de Barros. O fogo começou por volta das 5h30 e não há registro de vítimas. A Defesa Civil foi para o local.

 

O fogo e a fumaça são intensos por causa da borracha queimada e a Rua Madre de Deus está interditada, sem previsão de liberação. Segundo a CET, o desvio é feito pela Avenida Paes de Barros, no cruzamento com a Rua Visconde de Inhomerim.

 

Os bombeiros enfrentaram outros três incêndios na Grande São Paulo durante a madrugada desta terça-feira, 21. Em Osasco, um homem morreu carbonizado em um barraco que pegou fogo, em uma favela localizada no bairro Rochdale, na Rua Raimundo Borges de Lima. O fogo teve início por volta de 0h30 e foi controlado pelos bombeiros às 1h54.

 

Em Moema, na zona sul, um apartamento também pegou fogo na Alameda Arapanes às 3h, mas ninguém ficou ferido. Mais cedo, à 0h43, os bombeiros enfrentaram um incêndio em uma empresa fechada na Rua Monte Mandira, em São Mateus, na zona leste. Também não houve vítimas.

Mais conteúdo sobre:
incêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.