Incêndio atinge prédio no centro de São Paulo

Três pessoas tiveram intoxicação leve; uma das vítimas é um guarda municipal

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

22 Janeiro 2014 | 12h29

SÃO PAULO - Um incêndio em um prédio residencial na Rua Mauá, na Luz, centro de São Paulo, deixou três pessoas feridas no começo da tarde desta quarta-feira, 22. As vítimas tiveram intoxicação leve, segundo o capitão do Corpo de Bombeiros Bernardo Curioni. "Uma das vítimas é um guarda municipal, que foi socorrido pelos colegas", afirmou o capitão. 

O fogo começou no imóvel de um casal de idosos no sétimo andar do prédio. "Eu vi o senhor que mora lá, todo molhado,  tentando apagar o fogo com uma mangueira.  A mulher dele disse que o incêndio começou com uma bituca de cigarro jogada de um andar de cima", disse o DJ José Cardoso, de 44 anos, morador do prédio.

Os bombeiros esvaziaram os apartamentos. Ao todo, segundo os moradores, sete imóveis foram atingidos pelas chamas. O prédio, na frente da Estação da Luz, é composto por quitinetes e apartamentos de um quarto.

"Não tinha extintor no andar. As pessoas estavam usando mangueiras", contou o cabeleireiro Wender Luiz Souza, de 20 anos, que também mora ali.

"Tinha muita fumaça, o pessoal não sabia de onde vinha. Então muita gente foi para a cobertura, gritando", contou o rapaz.

O fogo foi contido pelos bombeiros em cerca de 30 minutos. As causas das chamas ainda serão apuradas. Até o começo da tarde, não havia confirmação se o prédio está com os documentos de segurança em dia. Até as 13h30, o entorno do prédio continuava interditado. Os reflexos do trânsito vão até Avenidas como Rio Branco e Duque de Caxias. 

Mais conteúdo sobre:
incêndiosão paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.