ALEX SILVA/ESTADÃO
ALEX SILVA/ESTADÃO

Incêndio atinge favela do Moinho, na região central de São Paulo

Segundo os bombeiros, de 16 a 20 barracos foram atingidos 

Mônica Reolom, O Estado de S. Paulo

28 Maio 2015 | 17h11

Atualizada às 18h16

SÃO PAULO - Um incêndio atingiu, na tarde desta quinta-feira, 28, a favela do Moinho, na região central de São Paulo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, dez viaturas foram deslocadas para a Avenida Rio Branco, na altura do número 1000. Por volta das 17h30, o fogo já havia sido extinto, mas a corporação ainda fazia o rescaldo do incêndio. Às 18 horas, os carros dos bombeiros começavam a deixar o local. 

Segundo os bombeiros, entre 16 e 20 barracos foram incendiados. O fogo começou por volta das 16h20 e quarenta e cinco agentes trabalharam no combate ao fogo. Até as 17h30, não havia registro de feridos. Alguns moradores inalaram fumaça, mas passavam bem. Também não se sabe o que pode ter provocado as chamas. 

Por volta das 18 horas, o trânsito era intenso nos arredores da favela. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) monitora o fluxo na esquina da Avenida Rio Branco com a Rua Eduardo Prado. 

A favela do Moinho já registrou dois grandes incêndios nos últimos quatro anos. Em dezembro de 2011, uma pessoa morreu, três ficaram feridas e 380 famílias, desabrigadas. Em setembro de 2012, um novo incêndio deixou mais um morto e destruiu 80 barracos. 

Mais conteúdo sobre:
incêndioFavela do Moinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.