Bombeiros/Divulgação
Bombeiros/Divulgação

Incêndio atinge edifício na Avenida Ipiranga

Fogo começou em academia de ginástica de edifício vizinho; 30 pessoas foram hospitalizadas e ao menos uma está em estado grave

Gustavo Aleixo, Rádio Estadão

08 Novembro 2013 | 06h18

Atualizado às 10h43

Um incêndio de grandes proporções atingiu um prédio de 25 andares no cruzamento da Avenida Ipiranga com a Avenida Rio Branco, na região central de São Paulo. O fogo começou à 1h, na academia de ginástica Smart Fit, que fica no térreo de um edifício ao lado, de 18 andares, localizado na esquina da Ipiranga com a Rua Boticário. Cerca de 50 viaturas foram enviadas pelos bombeiros e as chamas foram controladas pela manhã. 

O prédio por onde o fogo se propagou tem 146 apartamentos e 405 moradores, que tiveram que deixar o local. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Jair Paca de Lima, o edifício é ocupado por estrangeiros, entre eles chineses e bolivianos, o que dificultou o trabalho de resgate. De acordo com Paca, não foi constatado risco de desabamento do prédio, mas parte das instalações elétricas e dos elevadores foram afetadas. As lajes do 6º, 7º e 8º andares também apresentaram problemas, afirmou ele, que estima que a interdição ainda dure alguns dias.

Além dos moradores do prédio afetado, vizinhos em outros edifícios também inalaram fumaça. Trinta pessoas foram hospitalizadas, segundo o Corpo de Bombeiros. Dessas, seis foram para o Hospital das Clínicas (HC), onde quatro tiveram alta e duas permaneciam em observação. Oito foram para a Santa Casa,  onde quatro permaneciam em observação e uma vítima, não identificada, seguia em estado grave, com 15% do rosto queimado. Outras cinco pessoas foram levadas ao Hospital do Servidor Público Municipal, sendo que quatro receberam alta e dois estão em observação. O destino dos demais feridos mencionados pelos bombeiros não foi informado.

Vistoria. Uma vistoria deve ser realizada no edifício após o rescaldo para apurar a origem das chamas. De acordo com os bombeiros, o fato de as portas corta-fogo da academia terem sido encontradas trancadas dificultou o acesso. Elas tiveram que ser arrombadas e paredes foram quebradas para abrir caminho.

A Prefeitura apura se os edifícios estavam com a documentação em dia. Em nota, a assessoria de imprensa da Smart Fit informou que "a direção da empresa está em contato com autoridades para identificar as causas e poderá prestar mais esclarecimentos quando tiver informações suficientes". 

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) recomenda aos motoristas evitar a região da ocorrência. Trinta linhas de ônibus também foram desviadas.

Veja os pontos de interdição:

Avenida Rio Branco - tem interdições que vão desde a Avenida Ipiranga até o Largo do Paiçandu.

Avenida Ipiranga - pista da esquerda tem duas faixas interditadas, perto da Avenida Rio Branco.

COLABORARAM LAURA MAIA E RENATO VIEIRA

Mais conteúdo sobre:
Incêndioipirangacentro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.