Incêndio ainda consome depósito da Ponto Frio

No início da madrugada desta quinta-feira, 13, ainda havia focos de incêndio no entreposto da rede

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

13 de maio de 2010 | 02h11

Trinta e cinco equipes dos bombeiros ainda trabalham no combate ao incêndio que destruiu, nesta quarta-feira, 12, um galpão de 31 mil m² onde funciona um Centro de Distribuição da rede de lojas Ponto Frio, na altura do nº 1.550 da Avenida Papa João Paulo I, próximo ao quilômetro 215 da Rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

 

Segundo os bombeiros, o fogo teve início por volta das 16h30 e foi controlado (confinado) durante a noite, mas o trabalho de rescaldo - que ocorre quando não há mais pontos de incêndio e o material queimado é encharcado para se evitar o surgimento de novos focos - não tem previsão de se iniciado.

 

Móveis, eletrodomésticos da linha branca e colchões eram os principais produtos estocados no depósito, que ficou completamente destruído. Não houve vítimas segundo os bombeiros nem se sabe ainda o que gerou o incêndio.

 

Em nota, o Ponto Frio informou que a distribuição às lojas da rede não será afetada, pois serão utilizados outros dois centros de distribuição, ambos localizados na Grande São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Ponto Frioincêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.