IML libera corpos de vítimas de queda de avião em Cândido Mota, interior de SP

Cinco pessoas morreram em acidente, entre eles José Eduardo Ermírio de Moraes, filho de José Ermírio de Moraes Neto, do conselho de Administração da Votorantim

Chico Siqueira, O Estado de S.Paulo - Atualizado às 16h30

04 de fevereiro de 2013 | 11h47

O Instituto Médico Legal (IML) de Assis liberou os corpos de três das cinco vítimas da queda do avião King-Air PP-AJV, que caiu na noite desse domingo, 3, na zona rural de Cândido Mota, interior de São Paulo. Um dos corpos é de José Eduardo Ermírio de Moraes, de 29 anos, filho de José Ermírio de Moraes Neto, do conselho de Administração da Votorantim, e neto de José Ermírio de Moraes Filho, irmão de Antônio Ermírio de Mores. Os outros são Letícia Piveta Assunção e da mãe dela, Elizete Piveta.

Familiares tentam liberar agora os corpos do piloto Luís Rodrigues Marcondes, de 58 anos, e de outra passageira do avião, Luciana Aguiar da Costa e Souza, de 34 anos. Segundo informações do IML, Lucia seria mulher de Marcondes e copiloto do aparelho. Familiares que estavam no IML não quiseram falar com a imprensa.

O corpo de José Eduardo Ermírio de Moraes seguiu para São Paulo, onde será sepultado. Letícia era noiva de José Eduardo, com que se casaria em junho. Os corpos das duas serão velados na Primeira Igreja Presbiteriana Independente de Maringá e enterrados no Cemitério Municipal de Maringá. Letícia era filha do empresário Benjamim Piveta, do setor do agronegócio.

José Eduardo viajou a Maringá para participar das festas de aniversário de Letícia, que acabara de completar 30 anos de idade. O avião que ocupavam decolou por volta das 19h30 do Aeroporto Regional Sílvio Name Júnior, em Maringá, com destino ao aeroporto de Congonhas, mas por volta das 20h30, por motivos ainda desconhecidos, apresentou problemas e caiu numa plantação de soja, na zona rural de Cândido Mota, no interior de São Paulo.

Nesta segunda-feira, 4, a Votorantim divulgou uma nota sobre o acidente:

O Grupo Votorantim confirma, com profundo pesar, que uma das vítimas do acidente aéreo ocorrido na noite de domingo, em Cândido Mota (SP), era José Eduardo Ermírio de Moraes, filho de José Ermírio de Moraes Neto, membro do Conselho de Administração da Votorantim. A companhia lamenta o acidente e estende seus sentimentos aos familiares das demais vítimas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.