IML identifica mais 4 vítimas; total chega a 61

Número de mortos chega a 190; no entanto, ainda há nove pessoas desaparecidas

22 de julho de 2007 | 21h12

Peritos do Instituto Médico Legal (IML) identificaram no final da tarde deste domingo, 22, mais quatro corpos de vítimas – ao todo são 61 identificados. E, para ajudar nos exames de DNA, a Secretaria de Segurança Pública anunciou que 20 institutos e laboratórios, em 17 Estados e no Distrito Federal, vão coletar sangue de parentes, para traçar os perfis genéticos das vítimas.  Veja também: Lista de vítimas do acidente do vôo 3054  O local do acidente  Quem são as vítimas do vôo 3054  Histórias das vítimas do acidente da TAM  Galeria de fotos  Opine: o que deve ser feito com Congonhas?  Cronologia da crise aérea  Acidentes em Congonhas  Vídeos do acidente  Tudo sobre o acidente do vôo 3054  O número de mortos no maior acidente da história da aviação brasileira pode chegar a 199. Na aeronave, havia 187 passageiros. Já foram localizados os corpos de três funcionários da TAM Express nos escombros. No entanto, ainda seguem desaparecidas nove pessoas. São eles: Antonio Gualberto Filho, Ana Paula Camargo, Alexandre L. Catussatto, Elaine Tavares da Silva, Marcos A L. Curti, Thiago Domingues da Silva, Cláudia Bárbara, Adrién Bisson e Gustavo Rodrigues. Com exceção de Thiago, taxista que trabalhava nas imediações do aeroporto, todos os desaparecidos mantinham vínculo com a TAM Express.  A busca por corpos continuou e, segundo o capitão Mauro Lopes, dos bombeiros, foram achados fragmentos perto de uma escada na parte da frente do prédio da TAM Express. Falta ainda explorar 15% da área. Até agora, 217 sacolas com corpos ou restos mortais foram retiradas do local do acidente. "É para contabilizar o número de registros, não de corpos. O que chega são sacolas com corpos ou fragmentos. Só dá para saber se é corpo depois da identificação", disse Celso Perioli, superintendente da Polícia Técnico-Científica.  Na noite de sábado, 21, foram suspensos os trabalhos dentro da laje, mas continuaram as remoções de entulho e destroços. Pela manhã, 30 bombeiros reiniciaram o trabalho em várias frentes. "Abrimos novos acessos, principalmente pelo fundo, e entramos pelas laterais."  A equipe de resgate também trabalha na separação de materiais para a investigação da Aeronáutica. Ainda há muito calor no topo do edifício e, por isso, o trabalho de resfriamento continua. "Como há grande quantidade de papel, que queima por dentro quando mexemos, pode ter uma entrada de oxigênio que alimente alguma chama", explicou Lopes.  Nos trabalhos de identificação já foram colhidas 124 amostras de sangue de familiares das vítimas nos hotéis em que estão hospedados. "Há um mutirão com vários Estados para traçar os perfis genéticos", diz Norma Bonacoso, perita do Instituto de Criminalística, especialista em identificação por análise de DNA.  Veja lista de vítimas identificadas:  Alanis Ura Dona Andrade Anderson Luis Falleiro Cassel André Ura Dona Antônio Carlos Araújo de Souza Caio Augusto Bueno Dalprat Catilene Maia de Oliveira Claudemir Buzzanelli Arriero Daniela Bahdur Dias Pinto Deolinda Magaly Victória da Fonseca Douglas Henrique Outor Teixeira Evelyn Cristine Leo Campos Fabiano Rosito Matos Fábio Costa Balsells Fabio Martinho Novakoski Fernandes Fernando Volpe Estato Guilherme Duque de Moraes Helen de Cássia Monteiro Heloisa Helena Lopes Maria de Fátima Santiago Carla Fioratti Julia de Oliveira Camargo Heurico Hirochi Tomita Inês Maria Kleinowski João Francisco Caltabiano João Roberto Brito José Antônio Lima da Luz José Antônio Rodrigues Santos Silva José Luís Souto Pinto Julio Cesar Redecker Lina Barbosa Cassol Luiz Antônio Rodrigues da Luz Mara Aline Pereira da Silva Marcello Rodrigues Palmieri Marcelo Carlos Stelzer Márcio Rogério Andrade Marcos Dias Stepansky Melissa Ura Michele Dias Miranda Mireile Franciane Bettiol Nelly Elly Priebe Nelson Wiebbelling Osvaldo Luiz de Souza Paulo de Tarso Dresch da Silveira. Paulo Rogério Amoretty Souza Pedro Augusto Linhares Caltabiano Peter Max Finzsch Rafaella Bueno Dalprat Raquel Soares Warmling Renan Klug Ribeiro Renata de Oliveira Gonçalves Ricardo Percy Tazoe Richard de Salles Canfield Roberto Gaviolli Roberto Ilson Weiss Junior Rodrigo Prado de Almeida Rosangela Maria de Avila Severo Rubem Withaeuper Silvânia Regina de Ávila Alves Simone Lacerda Westrupp Valdemarina Bidone de Azevedo e Souza Vitacir Paludo  Identificação por DNA Os familiares das vítimas do acidente com o Airbus da TAM, ocorrido na última terça-feira, 17, poderão dar continuidade à coleta preventiva de sangue, a partir desta segunda-feira, 23, em 20 institutos e laboratórios de 17 Estados e no Distrito Federal, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo.  A coleta está sendo feita desde o último sábado, 21, para uma possível identificação por DNA. O procedimento iniciado no sábado por peritos criminais especialistas em DNA do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Técnico-Científica, e pela equipe do Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc) já coletou 124 amostras de 84 famílias que moram no interior de São Paulo e em outros Estados, e estão hospedadas em hotéis na capital paulista.  Com o material biológico coletado, os parentes que queiram voltar às suas casas já podem fazê-lo, sem correr o risco de ter que voltar a São Paulo para identificar o corpo da vítima, minimizando, assim, o sofrimento dos familiares. Todas as amostras de sangue retiradas das vítimas serão processadas pelo Laboratório de DNA do Centro de Exames, Análises e Pesquisas (Ceap) do Instituto de Criminalística de São Paulo. Essas amostras serão amplificadas, inicialmente, no sistema multiplex, preferencialmente com o Kit Identifiler - Applied Biosystems e analisadas na plataforma ABI. Os doadores de material biológico (sangue) para a identificação das vítimas, devem ser, preferencialmente: pai e mãe; filhos e cônjuge ou irmãos. Veja a seguir a lista dos laboratórios credenciados: • PORTO ALEGRE – RSLaboratório de Perícias – Instituto Geral de PeríciasEndereço: Avenida Ipiranga nº 1.807 – 3º andar - SantanaTelefone: (051) 3288-2664Responsável: Fábio Leite• RIO DE JANEIRO – RJAcademia de Polícia Sylvio Terra da Polícia Civil do Estado do Rio de JaneiroEndereço: Rua Frei Caneca, 162.Telefone: (021) 3399-3406Responsável: Miguel Archanjo• SALVADOR – BADepartamento de Polícia TécnicaEndereço: Avenida Centenário s/nº - BarrisTelefones: (071) 324-1662 ou 324-1665Responsável: Tânia Gesteira• JOÃO PESSOA – PBDepartamento de Criminalística – Instituto de Polícia CientíficaEndereço: Rua Antônio Teotônio s/nº - Cristo RedentorTelefone: (083) 218- 5219Responsável: Humberto Pontes• MANAUS – AMAcademia de PolíciaEndereço: Avenida Noel Nutels, 300 – Cidade NovaTelefones: (092) 645-2255 ou 641-1711Responsável: Fernando Vianna• VITÓRIA – ESChefatura da Polícia CivilEndereço: Avenida Nossa Senhora da Penha, 2.290 – Bairro Santa LuísaTelefone: 3137-9982Responsável: Marcelo Seixas• SÃO PAULO – SPLaboratório de DNA – Superintendência de Polícia Técnico-CientíficaEndereço: Rua Moncorvo Filho, 410 – 4º andar – Butantã – CapitalTelefones: (011) 3031-1311 ou 3815-8200Responsável: Eloísa Bittencourt• SÃO PAULO - SPInstituto de Medicina Social e de Criminologia (Imesc)Endereço: Rua Barra Funda, 824 - Barra FundaResponsável: Alessandra Simões Bassini• FLORIANÓPOLIS – SCInstituto de Análises LaboratoriaisEndereço: Rua Pastor Willian Richard Sclister Filho, 590 – ItaroubiTelefones: (048) 331-4445 ou 331-4490Responsável: Elizabeth Ballin Vaz• BELO HORIZONTE – MGLaboratório de Biologia Legal – Instituto de CriminalísticaEndereço: Rua Juiz de Fora, 400 – Barro PretoTelefones: (031) 3330-1767 ou 3330-1715Responsável: Fabíola Soares Pereira• CAMPO GRANDE – MSInstituto de Análise Laboratorial Forense (Ialf)Endereço: Avenida Silinto Muller, 1.530 – Bairro IpirangaTelefone: (067) 3345-6738Responsável: José Mirtes Socorro Fonseca P. Silva• CURITIBA – PRLaboratório de Genética Molecular do Instituto de CriminalísticaEndereço: Avenida Visconde de Guarapuava, 2.652 – CentroTelefones: (041) 3323-6164 ou 3281-5500Responsável: Renato Dall’ Stella• MACAPÁ – APDepartamento de CriminalísticaEndereço: Rodovia BR-156 – km 02 – Bairro São LázaroTelefones: (096) 212-1259 ou 212-1254Responsável: Jorge Ney de Moraes Cruz• GOIÂNIA – GOInstituto de Criminalística Leonardo RodriguesEndereço: Avenida Atílio Correia Lima, 1.223 – Cidade JardimTelefones (062) 3201-3201-1259 ou 3201-1260Responsável: Wagner Torres Fernandes• BELÉM – PAInstituto de CriminalísticaEndereço: Rodovia dos Trabalhadores s/nº – BenguiTelefones: (019) 3279-7294Responsável: Joaquim Batista de Araújo• PALMAS – TOInstituto de CriminalísticaEndereço: Quadra 304 da Avenida NS4 – Lote 2 – CentroTelefone: 3218-6852Responsável: Paulo Reinaldo• FORTALEZA – CEInstituto de CriminalísticaEndereço: Rua Presidente Castelo Branco, 901 – CentroTelefone: (085) 3101-5055Responsável: Telma Maria Melo Nazareth• RIO BRANCO – ACInstituto de CriminalísticaEndereço: Rua Antônio da Rocha Viana s/nº Vila IvoneteTelefone: (068) 3244-1300Responsável: André Luiz Lima da Silva• BRASÍLIA – DF Polícia Federal - PFDFEndereço: Edifício do Instituto Nacional de Criminalística – Sais / Quadra 07 – lote 23 – Setor Polícia SulTelefone: (061) 311-9369Responsável: Hélio Buchmuller• BRASÍLIA – DFInstituto de Pesquisa de DNA da Polícia Civil do Distrito Federal Endereço: Saiso/Sudeste – Complexo Polícia Civil – Bloco ETelefone: (061) 362-5969Responsável: Cláudia Regina MendesServiço – O perfil e a contra-prova devem ser enviados pelos institutos e laboratórios com a máxima urgência para o Laboratório de DNA do Centro de Exames, Análises e Pesquisas do Instituto de Criminalística de São Paulo, na rua Moncorvo Filho, 410 – Butantã – São Paulo (SP) – CEP 05567060.

Tudo o que sabemos sobre:
vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.