IML identifica e libera 32 corpos de acidente

O Instituto Médico Legal já identificou 32 corpos de vítimas do acidente com o Airbus da TAM ocorrido na última terça-feira (17), em São Paulo. O último foi o de Silvânia Regina de Ávila Alves, que estava previamente identificado, mas aguardava o resultado do exame de datiloscopia para ser legitimado e liberado. Três outras vítimas fatais foram identificadas até o final da manhã de hoje: Vitacir Paludo, Roberto Gaviolli e Heurico O secretário de Justiça de São Paulo, Luiz Antonio Marrey, afirmou que os profissionais da Superintendência da Polícia Técnico-Científica estão fazendo o possível em condições difíceis para identificar os corpos o mais rápido possível. "As pessoas têm que saber que esse trabalho é muito difícil , portanto não se pode ter ilusão de que nós vamos chegar à conclusão disso em poucos dias". As identificações estão sendo feitas pela conferência das impressões digitais e cruzamento de dados obtidos em entrevistas realizadas por legistas com familiares no Aeroporto de Congonhas. As vítimas identificadas são: Claudemir Buzzanelli Arriero Helen de Cássia Monteiro Julio Cesar Redecker Lina Barbosa Cassol Mireile Franciane Bettiol Peter Max Finzsch Simone Lacerda Westrupp Alanis Ura Andrade Caio Augusto Bueno Dalprat Deolinda Magaly Victoria da Fonseca Fábio Martinho Novakoski Fernandes Fernando Volpi Estato Guilherme Duque de Moraes Inês Maria Kleinowski João Francisco Caltabiano José Antonio Lima da Luz José Luiz Souto Márcio Rogério Andrade Michelle Dias Miranda Melissa Ura Oswaldo Luiz de Souza Paulo Rogério Amoretty Souza Rafaella Bueno Dalprat Rosangêla Maria de Ávila Severo Rubem Wiethaeuper Antonio Carlos Araújo de Souza

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.