Imigrantes tem trânsito pesado na descida ao litoral paulista

Volume de veículos é equivalente a feriados prolongados como o Carnaval e o Ano Novo

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

07 de setembro de 2007 | 14h33

O trânsito começava a dar sinais de melhoras no início da tarde desta sexta-feira, 7, primeiro dia do feriado prolongado do Dia da Independência, segundo informações da concessionária Ecovias, que informou que o volume de veículos é comparável ao de feriados prolongados como o Carnaval e o Ano Novo.  O que abre e o que fecha em SP no feriado de 7 de SetembroFeriado de 7 de Setembro vai ser de sol e calor em São Paulo  Apesar de ainda estar congestionada em quase toda sua extensão, em alguns de trechos da rodovia o motorista já conseguia desenvolver uma velocidade acima dos 40 quilômetros por hora, por volta das 14 horas. O volume de carros foi comparado ao do Carnaval e do Ano Novo, quando cerca de 8 mil veículos passam por hora pelo pedágio. Desde as 15 horas de quinta-feira, 6, quando se iniciou a Operação Descida, o maior volume de carros foi registrado entre as 17 e 18 horas, com o total e 9.162 veículos descendo a serra. A média de veículos até as 14 horas desta sexta foi de 8 mil carros. A previsão da concessionária é de que o número de veículos que deixou a capital em direção ao litoral fique em torno de 330 mil até o final do feriado, bem menos do que os 650 mil que desceram no Carnaval. Tamoios Por causa de um acidente, o trânsito ficou complicado na Rodovia dos Tamoios, no sentido litoral. Quatro pessoas ficaram feridas depois que um caminhão-tanque, uma caminhonete e um veículo colidiram, no começo da tarde, na altura do km 13, na região de São José dos Campos. A caminhonete tombou após a batida e duas pessoas ficaram gravemente feridas e foram enviadas para o pronto-socorro de São José. No km 10, uma batida entre uma moto e um veículo de passeio também deixou dois feridos e interditou a pista sentido litoral, complicando ainda mais o fluxo de veículos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.