MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO
MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO

Rodovias do litoral e do interior têm lentidão na volta para SP

Primeiro dia do ano tem 166 quilômetros de tráfego lento no retorno do litoral; rodovias do interior enfrentam congestionamento de 146 quilômetros

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de janeiro de 2019 | 16h15
Atualizado 01 de janeiro de 2019 | 20h10

SÃO PAULO - O primeiro dia de 2019 está sendo trânsito intenso para quem decidiu retornar para a cidade de São Paulo. Na volta do litoral, há pelo menos 166 quilômetros de lentidão, número semelhante ao registrado no retorno do interior (146 km). Na Rodovia dos Imigrantes, principal via de acesso à Baixada Santista, às 19h40, congestionamentos travavam o fluxo do km 70 ao 58 e, no trecho de baixada, e do km 56 ao 47, no trecho de serra.

Para tentar aliviar o fluxo já esperado para a data, a Ecovias, concessionária da rodovia, implementou a Operação Subida, onde há mais faixas disponíveis para quem está retornando a São Paulo. Segundo a empresa, desde a quinta-feira, 27, 621 mil veículos desceram a serra em direção à Baixada Santista. No sentido São Paulo, a concessionária registrou a passagem de mais de 357 mil veículos.

Na Rodovia Anchieta, os veículos que se deslocam em direção à capital enfrentam congestionamento entre o km 44 e o 40 e entre o km 34 e o 29. No Guarujá, o tempo de espera da balsa para Santos é de duas horas, enquanto é de uma hora para Bertioga. Também há demora nas balsas da Juréia para Iguape (150 minutos de espera) e de Ilha Comprida para Cananéia (120 minutos). 

Outras vias também registram lentidão. A Cônego Domênico Rangoni segue com lentidão no sentido São Paulo, do km 248 ao km 250 e na saída do Guarujá, do km 8 ao 1. O motorista que está na Baixada também encontra congestionamento nesta tarde na Padre Manoel da Nóbrega, sentido São Paulo, do km 292 ao km 280, e no sentido de Praia Grande do km 270 ao km 274.

O tráfego também é considerado intenso na Rodovia Rio-Santos, a SP-055. De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER-SP), às 19h havia pontos de lentidão na saída de Ubatuba no sentido de São Sebastião, do km 54 ao km 60, do km 70 ao 100.

No sentido Guarujá, o trânsito é intenso com pontos de lentidão e paradas entre Camburi e Riviera (km 165 ao 211) e também na passagem por Bertioga e na chegada ao Guarujá. Na Padre Manoel da Nóbrega, a lentidão está concentrada do km 315 ao 292, no sentido Praia Grande.

Volta do interior tem 136 km de congestionamento

Às 19 horas, as principais estradas somavam 136 km de trânsito com paradas para quem volta do interior para a capital de São Paulo. A Castelo Branco tinha 35 km de trânsito lento com paradas, entre Itu e Santana do Parnaíba. O excesso de veículos e a chuva prejudicavam o retorno. Na Rodovia dos Bandeirantes, havia 18 quilômetros de lentidão entre Campinas e Cajamar, mesma extensão dos congestionamentos na Anhanguera, conforme informações das concessionárias.

A Rodovia Ayrton Senna tinha 16 km de lentidão entre Guararema e Guarulhos devido ao excesso de veículos. O tráfego intenso no retorno a São Paulo pela Régis Bittencourt ocasionava 22 km de congestionamento entre São Lourenço da Serra e Embu das Artes.

Na Rodovia Fernão Dias, a chegada a São Paulo era dificultada pelo excesso de veículos, com 15 km de congestionamento entre Atibaia e Mairiporã. Na Dutra, sentido capital, havia 12 km de lentidão com paradas na região de Arujá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.