Imagens mostram que dona de casa saiu de seu apartamento sozinha, antes da 1h

Imagens do circuito interno de câmeras do prédio onde morava a dona de casa Geralda Lúcia Ferraz Guabiraba, de 54 anos, mostram alguns dos últimos momentos da vítima, enquanto ela usava o elevador do condomínio. Geralda foi encontrada morta em uma estrada de Mairiporã, na Grande São Paulo, na madrugada do dia 14, sem a pele do rosto e os olhos.

O Estado de S.Paulo

24 de janeiro de 2012 | 03h02

O vídeo, exibido no Jornal Nacional, da Rede Globo, mostra que Geralda chegou ao apartamento às 20h38 do dia 13, portando um cesto parecido com o encontrado perto do local onde seu corpo foi achado. Pouco antes da 1h, ela saiu pelo elevador de serviço. Às 3h05, as imagens mostram que o filho dela usou o elevador.

Diversas testemunhas já foram ouvidas. A delegada Cláudia Patrícia Dalvia, que apura o caso, disse ontem que pediu à Justiça a decretação do sigilo das investigações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.