Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Imagem feita há 1 ano mostra suposta fogueira dentro de prédio que desabou em SP

Registro 360 graus foi feito um ano antes da tragédia que começou com um incêndio no edifício ocupado por sem-teto

O Estado de S. Paulo

04 Maio 2018 | 16h02

SÃO PAULO - Uma imagem aérea 360 graus feita há um ano na região do Largo do Paiçandu, no centro de São Paulo, mostra uma suposta fogueira em um dos andares do Edifício Wilton Paes de Almeida, que estava ocupado por moradores sem-teto e desabou na última terça-feira, 1.º, após um incêndio. Até agora, o corpo de um homem já foi encontrado sob os escombros e outras cinco pessoas estão desaparecidas.

++ Edifício era muito seguro por causa da manutenção, diz coordenador de prédio

A foto foi produzida no dia 30 de abril de 2017 pelo projeto Take a Look, plataforma digital, voltada para o turismo, que mapeou várias cidades pelo mundo e ainda será lançada. Na imagem noturna é possível ver, em um dos últimos andares do prédio de 24 pavimentos, manchas alaranjadas semelhantes a chamas de fogo. Em outra imagem, feita à luz do dia dois dias depois, em 2 de maio, o andar onde teria havido a fogueira parece concentrar materiais de madeira descartados. 

++ Bombeiros acham primeiro corpo de vítima do desabamento no Paiçandu

Apesar do indício de que moradores já fizeram no passado uma fogueira dentro do prédio, a Polícia Civil concluiu que o incêndio ocorrido na última terça-feira antes do desabamento do edifício ocupado foi provocado por um curto-circuito em um barraco no 5.º andar do prédio. A investigação chegou a essa conclusão após ouvir uma mulher que morava no apartamento onde o fogo começou.

IMAGEM 360º DE NOITE

 

IMAGEM 360º DE DIA

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.