Igreja tem ritos próprios, mas é fiel ao Vaticano

A Igreja Maronita é uma das 26 igrejas particulares sui juris - que têm ritos próprios, mas reconhecem a autoridade do papa como chefe supremo. A religião é mais tradicional no Líbano. O nome é derivado de São Maron, que teria vivido no século 5º no norte da Síria e seria responsável pela conversão de fiéis à fé cristã. A igreja possui sacramentos similares aos do catolicismo: batismo, primeira comunhão, crisma e casamento.

, O Estado de S.Paulo

12 Setembro 2010 | 00h00

Há 11 paróquias maronitas no Brasil. A maioria é dedicada à Nossa Senhora do Líbano. A primeira Igreja Maronita do Brasil é a da capital paulista. A atual sede, na Liberdade, é o segundo endereço da paróquia (ela era localizada no Parque Dom Pedro até a década de 1930). As missas são celebradas em português e em árabe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.