Idoso morre após ser agredido na Estação Corinthians, da CPTM

Homem de 27 anos deu um soco na vítima, que caiu e bateu a cabeça no chão; agressor foi preso por homicídio qualificado por motivo fútil

Isabela Palhares, O Estado de S. Paulo

09 Abril 2017 | 19h16

Um homem de 27 anos agrediu e matou um idoso de 65 na Estação Corinthians-Itaquera da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), na noite de sexta-feira. O agressor acabou preso em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil. 

Segundo o boletim de ocorrência, o agressor e a vítima, Expedito Gomes, começaram a discutir dentro do vagão do trem da Linha 11-Coral após um esbarrão. Testemunhas relataram que, ao desembarcar na estação, o idoso xingou o agressor, que revidou com um soco. A vítima caiu e bateu a cabeça no chão. Os dois, segundo a Polícia Civil, são vigilantes. 

O agressor foi contido por usuários e agentes de segurança da CPTM, que acionaram o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e iniciaram o atendimento de primeiros socorros na vítima. O idoso foi levado ao Hospital Santa Marcelina, onde morreu. 

Imagens. O agressor foi entregue pelos agentes da CPTM à polícia. O caso foi registrado no 6.º Distrito Policial do Metropolitano, segundo informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Em nota, a CPTM destacou que os agentes de segurança detiveram o agressor e socorreram a vítima. Também disse “colaborar com as investigações” e colocaram as imagens das câmeras de segurança à disposição das autoridades. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.