Idosa volta após 3 dias retida em aeroporto

A brasileira Dionísia Rosa da Silva, de 77 anos, barrada segunda-feira no Aeroporto de Barajas, em Madri, voltou ao Brasil ontem, após três dias no aeroporto. Ela viajou do Brasil com a neta, que vive legalmente na Espanha, mas não tinha a carta-convite exigida de brasileiros que se hospedam com parentes ou amigos porque sua filha e o genro são ilegais no país e há ordem de expulsão contra eles.

O Estado de S.Paulo

09 Março 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.