Idosa é esfaqueada e filha cai do 7º andar

A Polícia Civil do Rio apura a morte de uma mulher que caiu do 7.º andar de um prédio, no Jardim Botânico, bairro nobre da zona sul carioca, na noite de sexta-feira. Os investigadores suspeitam que, antes de se jogar, a mulher tenha esfaqueado a própria mãe em uma briga. O caso inicialmente foi registrado como suicídio na 14.ª DP (Leblon). Segundo a Polícia Civil, a advogada Liliane Andrade, de 40 anos, teria ferido com golpes de faca a mãe, a psicóloga Norma Tereza, de 73 - que continua internada.

O Estado de S.Paulo

29 Setembro 2013 | 02h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.