Idosa é abandonada por enfermeira em uma estrada em Piratininga

Isaura Ribeiro de Moraes, de 80 anos, foi abandonada ontem em uma estrada vicinal, em Piratininga (SP)

Sandro Villar, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2014 | 11h43

Atualizado ás 12h43

PRESIDENTE PRUDENTE- A idosa Isaura Ribeiro de Moraes, de 80 anos, foi abandonada nesta terça-feira, 17, em uma estrada vicinal, em Piratininga(SP), por uma enfermeira que a trouxe de Bauru. Ela foi deixada em um matagal às margens da estrada, próximo a uma clínica de recuperação de dependentes químicos. A mulher, que não anda e tem dificuldade para falar, foi socorrida por funcionários da clínica, que ouviram seus gritos.

O caso chocou a polícia. "Dona Isaura foi deixada de propósito perto da clínica para não correr risco de morte", diz Luis Carlos Amado, de 57 anos, delegado interino de Piratininga. O policial disse que o caso é grave e completou: "Aparentemente é um descarte de ser humano". 

Depois de ser atendida na clínica, a idosa foi levada para o Asilo Vila Vicentina. "Ela disse a uma assistente social que foi abandonada na estrada por uma enfermeira chamada Solange e que estava numa casa de idosos em Bauru", conta o delegado. Ele enviou uma equipe a Bauru para descobrir onde fica o asilo, que seria a Casa de Repouso Sol e Lua.

O delegado quer ouvir os responsáveis pela clínica e parentes da idosa."Não sabemos o motivo pelo qual ela foi abandonada e, por isso, vamos averiguar", avisa o policial. 

O Estado apurou que a idosa, depois da morte de seu irmão, estava sob os cuidados de uma sobrinha. Ela teria deixado de pagar as mensalidades do asilo que abrigava a tia. A reportagem não conseguiu contato com a Casa de Repouso Sol e Lua. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.