Idosa dá socos e chute em ladrão e evita roubo

Mulher de 71 anos derrubou o bandido, de 27, em São José do Rio Preto

Chico Siqueira - Especial para o Estado,

17 de abril de 2013 | 16h18

Uma idosa de 71 anos reagiu a um assalto, deu tapas e um chute no ladrão e evitou que ele lhe roubasse a carteira e as sacolas de compras que trazia do supermercado. A aposentada M. F. J., moradora no Parque Estoril, em São José do Rio Preto, voltava do supermercado na última segunda-feira, 15, quando encontrou com uma amiga e parou para conversar. Como as sacolas estavam pesadas, M. as colocou no chão. Foi quando percebeu que um rapaz se aproveitou da distração para tentar lhe roubar as sacolas e subtrair a carteira, que trazia em suas mãos.

A aposentada reagiu e deu dois tapas no rosto e um chute no meio das pernas do ladrão, que caiu, gemendo. Uma amiga, que passava de carro no momento do roubo, deu carona para M., enquanto o ladrão, deitado no chão, se contorcia de dor.

Chamada, a PM localizou, a poucas quadras do local, o servente de pedreiro Paulo Henrique Pedrunti da Silva, de 27 anos, reconhecido pela aposentada como autor da tentativa de roubo. Antes de ser detido, Silva já tinha agredido outro homem, que, ao ver a cena com a aposentada, tentou defendê-la.

O servente foi preso em flagrante por tentativa de roubo e lesões corporais. Segundo a polícia, ele já tinha passagens por homicídio, roubo e formação de quadrilha e é suspeito de ter assaltado e agredido uma idosa de 93 anos, que foi encontrada desacordada em casa e está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Base (HB).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.