Identificados três suspeitos de terem explodido delegacia

Grupo levou armas, drogas e queimou documentos da Dise de Botucatu; Justiça decretou prisão de dois

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2008 | 17h42

A polícia de Botucatu identificou três pessoas que seriam integrantes do bando que roubou drogas, armas e explodiu a Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) no último dia 10. Dois deles tiveram as prisões temporárias decretadas pela Justiça.   Veja também: Marzagão quer reduzir permanência de drogas nas delegacias Polícia suspeita do PCC no ataque a delegacia em Botucatu Prefeito acha assustadora ação de bandidos em Botucatu   Na semana passada, a polícia encontrou uma caminhonete S-10 preta teria sido usada na ação dos criminosos. Por conta da greve dos policiais, encerrada por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), não havia ninguém na delegacia à noite, o que pode ter facilitado a ação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.