Identificada a 17ª vítima de queda de edifícios no Rio

Foi identificado ontem por exame de DNA o corpo do professor de computação Omar Mussi, de 48 anos, a 17ª vítima do desabamento do Edifício Liberdade, no centro do Rio, em 25 de janeiro. Agora resta um corpo e cerca de 20 partes sem identificação.

O Estado de S.Paulo

09 de fevereiro de 2012 | 03h03

Ouvido ontem pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio (Crea-RJ), o engenheiro Paulo Sérgio Brasil - contratado pela TO Tecnologia Organizacional, que ocupava o 6º andar - disse que não assumiu responsabilidade pela reforma da empresa, apontada como possível causa da queda. / FÁBIO GRELLET

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.