Humor no front

É sempre assim: toda vez que a polícia no Rio decide enfrentar ostensivamente a bandidagem no asfalto, o Hélio de La Peña bate seu recorde anterior de pit stop em blitz. Dizem até que, nessas ocasiões, a Turma do Casseta & Planeta aproveita a predileção dos "homens" pelo colega afrodescendente para sair das gravações no Projac na cola dele. Quando, invariavelmente, param o primeiro carro do comboio para averiguações, o resto da caravana passa sem ser incomodada.

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2010 | 00h00

Nesta semana, La Peña tomou sua primeira geral logo na segunda-feira. "Como nos velhos tempos, não encontraram nada", comemorou ele no Twitter. "Liberado, até a próxima!" A polícia não tira mais o bom humor do carioca. Nunca antes na história da Cidade Maravilhosa a população esteve tão do lado da lei. Tem cabeludo dando tapinha nas costas de PM a título de incentivo à luta.

Não é hora pra se discutir racismo na seleção de suspeitos. A sina de Hélio de La Peña, aliás, já havia virado piada com a verve do humorista. Diz ele em seu blog que, depois de uma dura inútil num jogador recém-chegado do futebol árabe, o policial não perdeu a viagem: "Ô negão, tu não acha que é muito preto pra tá dirigindo um carrão desse não?"

Mal comparando

Paul McCartney já lê frases em português melhor que o Tiririca. No ditado é que, parece, a coisa pega!

Negócio da China

Já tem camelô vendendo uma versão pirata do pingo de solda "inaugurado" por Lula na tubulação de escoamento da produção de álcool de Ribeirão Preto. Um é R$ 5, mas os ambulantes fazem três por R$ 10.

Olha o Rappa!

Fidel Castro disse em artigo na imprensa cubana que Barack Obama é "o maior encantador de serpentes que já existiu". O comandante não conhece, decerto, o cantor Falcão, do Rappa. O cara já enfeitiçou a atriz Deborah Secco, a miss Brasil Lisiane Braile, a cantora Maria Rita, a modelo Isabeli Fontana...

Questão de gosto

Nem todo mundo nos EUA protestou contra a revista íntima manual nos aeroportos americanos como opção ao polêmico scanner. Há quem sustente, inclusive, que a pegação compensa qualquer constrangimento.

De fato

Do senador Romero Jucá, à la ex-ministro Magri, justificando a nomeação da mãe de sua ex-mulher como "assessora" em Roraima: "Ex-sogra é um ser humano como outro qualquer!"

A mil!

Gilberto Kassab está naqueles dias! Agora, além de flertar com o PMDB, está jogando um papo de terceira via pra cima do PDT, do PC do B e do PSB. Essa história, comenta-se no DEM, ainda vai acabar em tragédia!

Prima do cantor

Por falar em Miriam Belchior, futura ministra do Planejamento, cadê o Belchior, hein? Será que sumiu de novo?

Zebra carioca

De todos os 32 nomes já cogitados para ministro da Cultura, o melhorzinho, até agora, é o do Perfeito Fortuna. Ou não!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.