Hospital municipal terá leitos para viciados

DROGAS

, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2010 | 00h00

Os hospitais municipais de São Paulo terão de reservar alas para atendimento de dependentes químicos em crise - como alucinação e síndrome de abstinência. A lei publicada ontem no Diário Oficial da Cidade é de 2002 e atende, em parte, uma exigência do Ministério Público Estadual (MPE) de criação de leitos psiquiátricos na rede municipal de Saúde. Há dois inquéritos em andamento no MPE sobre a questão. Antes de começar a valer, a nova legislação precisará ser regulamentada - em até 120 dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.